A vida é uma cereja. A morte um caroço. O amor uma cerejeira.

4 de fevereiro de 2007

Árvores I





“Ensinarás a voar… mas não voarão o teu voo.

Ensinarás a sonhar… mas não sonharão o teu sonho.

Ensinarás a viver… mas não viverão a tua vida.

Ensinarás a cantar… mas não cantarão a tua canção.

Ensinarás a pensar mas não pensarão como tu.

Porém,saberás que cada vez que voem, sonhem,vivam, cantem e pensem… estará a semente do caminho ensinado e aprendido.”

Madre Teresa de Calcutá