A vida é uma cereja. A morte um caroço. O amor uma cerejeira.

6 de maio de 2007

Querida MÃE!

Mãe
que verdade linda
o nascer encerra
eu nasci de ti
como flor da terra