A vida é uma cereja. A morte um caroço. O amor uma cerejeira.

1 de maio de 2006

A casa da Música

Conforme o prometido à minha amiga Serenity, vou tentar explicar de que modo a minha primeira opinião sobre a Casa da Musica mudou, após me terem sido explicadas algumas coisitas.
É dificil falar sobre o que não conhecemos. As explicações que me foram dadas sobre o modo como este edificio foi pensado, concebido, estruturado e construido foram muito técnicas e, receio não ser capaz de partilhar convosco tudo o que me foi transmitido.
A sala de espectáculos...
A sala apresenta condições acusticas impares com a mesma qualidade de som qualquer seja o ponto da sala onde nos coloquemos. Isso é possivel devido à qualidade das madeiras utilizadas tanto nas paredes como no chão e bancadas de assistencia e também à pelicula de folha de ouro colocada nas paredes e a disposição das ondas desta pelicula. Também o facto de as superficies envidraçadas serem onduladas e não possuirem arestas ajuda à pureza da reflexão do som.
Esta sala foi construida para TODOS, sem excepção, terem a mesma qualidade de audição, logo, não fazia sentido a existencia de bancadas vip's. Por exigencia de quem manda elas tiveram de ser inseridas no design da sala. São os rectangulos que vemos nas paredes laterais que, por uma questão de "vingançazinha" Rem Koolhaas, arquitecto, colocou nos locais de pior visibilidade da sala...
Este edificio é E.S.P.E.C.T.A.C.U.L.A.R
Posted by Picasa